12/12/2017 Bruna Rabboni

Como escolher o seu vestido de noiva em 5 passos

Como escolher o seu vestido de noiva em 5 passos

 

Chegou a hora! Finalmente, você pode começar a procurar pelo seu vestido de noiva, esse momento com o qual você tanto sonhou, mas ainda não sabe muito bem como agir ou por onde começar, só sabe que você precisa encontrar o modelo perfeito. Mas não se preocupe, nós vamos te contar quais são as 5 dicas principais para que o vestido caia como uma luva.

Passo 1. De acordo com a sua personalidade

Você precisa ter em mente que você não deve ir fantasiada, não importa o quanto você adora seguir tendências. Talvez não seja o seu estilo e, o que realmente importa, é que você se sinta você mesma. Claro que você deve ler blog e sites de casamento como o Zankyou para ver quais são as tendências em casamentos, mas o que realmente importa é que você sinta que continua sendo você mesma com o modelo escolhido.

Clássica: você é uma noiva clássica se aposta pelo tradicional, por aquilo que não passa de moda, simples, mas elegante e sofisticado. Este tipo de noiva sempre escolhe um modelo com decote barco ou em V acompanhando de véu e jóias como pérolas ou diamantes.

Romântica: são delicadas e simples. As noivas românticas costumam escolher vestidos de tule ou chiffon com bordados muito românticos com temas florais.

Boho: as noivas que se casam na praia ou ao ar livre apostam por um modelo boho, para dar um toque hippie ao seu look, com tecidos leve e vaporosos, e complementos como coroas de flores.

Vintage: você é uma noiva vintage se você adora estilos antigos, as rendas e vestidos vitorianos. Procure usar o tecido mais espetacular (inclusive herdado) que dê um ar vintage ao seu look.

Moderna: a noiva moderna quer dar um toque vanguardista ao seu look, é atrevida e aposta por cortes assimétricos em seu vestido, inclusive pode optar por vestidos curtos ou grandes decotes.

Em primeiro lugar, o vestido tem que refletir o estilo natural da noiva. Se você escolhe um modelo que não tem nada a ver com o seu estilo, será algo visível e parecerá falso.  Você nunca deve comprar um modelo que seja a “última tendência”, mas que não te favorece. Se você quiser que seu vestido seja algo atípico porque esse é o seu estilo, vá em frente! No fim das contas, um vestido de noiva é aquele vestido que a noiva decide usar. Se você sempre quis se casar de vermelho, por que não? Para escolher o mais adequado, você deve sempre ouvir o estilista ou as vendedoras da loja, mas sem esquecer da sua ideia inicial. Evite mudar de ideia se ela não surgiu de você e procure que seu vestido reflita sua personalidade, não a oculte.

Passo 2. Tipo de tecido

Tenha em mente a ideia de fazer o vestido sob medida. Muitas noivas não contemplam esta opção porque acham que é muito mais caro ir a uma costureira que fabrica um modelo feito sob medida. Mas não é assim, a relação qualidade-preço é boa, ele vai se encaixar como uma luva, uma vez que ele será feito no seu corpo, e será único, não haverá outro como ele. Se você não quiser fazer um sob medida, os estilistas recomendam escolher um vestido de catálogo e personalizá-lo. Procure um que faça com que você se sinta você mesma e personalize com algo que o diferencie dos demais: um aplique na cintura ou quadril, um tecido diferente, algum complemento inovador…. Algo que reflita sua personalidade!

Não pense que estar bonita e confortável são duas coisas incompatíveis. Se você usar um vestido muito apertado, você não poderá aproveitar a festa e se arrependerá. Escolha um que permita o mais importante: aproveitar o grande dia. Além disso,  escolha tecidos de qualidade e se você não entende muito sobre moda, peça a companhia de alguém que entenda. Confira aqui os tecidos mais utilizados pelas noivas.

Mikado: é uma seda natural grossa e com brilho.

Brocado: tecido com relevos prateados ou dourados. Esses desenhos são geralmente com temas vegetais ou geométricos de inspiração oriental.

Piquê: é um tecido áspero, com corpo e peso, no qual é possível observar relevos geométricos.

Tecido brocado e piquê. Créditos: Pronovias e Rosa Clará

Otomomana: um tecido mais grosso, firme e em forma de cordões.

Tafetá: é um tecido com muito volume, é uma seda muito brilhante.

Organza: é um tecido rígido, pois recebe um tratamento químico para dar esse aspecto, embora seja um tecido fino e quase transparente. Será de seda ou algodão.

Crepe: é um tecido de aparência irregular e com toque granulado. Podem ser lã, plissados, georgette… É o tecido mais adequado para vestidos de sereia e também para vestidos com volume. Geralmente é acompanhado por strass e bordados.

Vestidos de crepe e organza. Créditos: Rosa Clará e Pronovias

Renda: é obtido a partir da mistura de seda, algodão e linho ou fios metálicos. A renda é um tecido que é usado para complementar outros tecidos, como um ornamento. É o favorito para vestidos com estilo vintage.

Chiffon: ideal para modelos muito vaporosos, para vestidos de noiva para casamentos na praia. É um tecido leve e macio que pesa muito pouco.

Tulle: tecido muito leve e transparente com aparência de malha e textura áspera.

Vestidos de chiffon y tulle. Créditos: Carolina Herrera e Oscar de la Renta

Passo 3. Combine com o seu tom de pele

Você terá que escolher bem a cor, uma vez  nem toda as peles combinam com o mesmo tom de branco. E para que você não tenha dúvidas, descobrimos como são as diferentes tonalidades para que você possa diferenciá-las perfeitamente e quais as noivas que elas favorecem.

Branco puro: um branco azulado e reluzente. É o branco mais usado em vestidos de primeira comunhão. Perfeito para noivas de pele escura.

Branco neve: É um branco radiante, mas sem essa tonalidade azulada, a cor da neve. É o mais parecido com o branco puro, embora ainda seja uma cor não muito popular. Sem dúvida, noivas com tom de pele escura, apostem neste branco!

Cru/off white: este é o tom de branco mais usado pelas noivas, na verdade, quase 90% escolhe esse tom para o seu look. É a cor natural da seda antes de sujeitá-la aos corantes. Um branco que favorece muito, especialmente noivas com cútis nem muito clara nem muito escura.

Pérola: parecido ao cru mas com um tom próximo ao baunilha, não é muito fácil de encontrar, mas é muito elegante e fino. Costuma ser mais utilizado por noivas com mais de 40 anos. Ideal para mulheres com a pele mais morena.

Marfim: mais distante do branco puro do que o pérola, mas mais próximo ao bege. É um dos tons de branco que mais favorece as noivas, uma vez que é um tom um pouco mais quente. Se você tem uma pele muito branca, é melhor você apostar na cor do marfim.

Champanhe: levemente dourado, como a bebida que tem seu nome. Não fica bem em todos os tipos de pele, mas fica realmente espetacular na pele escura. As meninas de pele escura vão se sentir sensacionais com esse tom!

Nude: é a cor da pele, geralmente não é usado como o tom principal para o vestido, mas para combinações de cor com branco ou cru, com bordados ou rendas que simulam o efeito tattoo.

Rosa empoeirado: não é branco como tal, mas é amplamente utilizado em vestidos de casamento estilo vintage. É um rosa com uma mistura de bege e branco, muito suave. Uma das melhores opções para as noivas com a pele mais clarinha.

Passo 4. De acordo com a forma do seu corpo

Com certeza você já tenha uma ideia inicial de como quer o seu vestido, mas o corte realmente cai bem em você? Além do amor à primeira vista que você sentiu com esse modelo, você deve estar ciente de talvez ele não fique tão bem em você como você imaginou. A maioria das noivas sempre vai ao teste do vestido com uma ideia clara e, muitas delas, acabam escolhendo um modelo completamente diferente do que haviam imaginado. Para que você saiba o que realmente fica bem em você, te contamos quais os melhores vestidos para cada tipo de corpo.

Foto: Shutterstock

Copo reto: evite vestidos muito justos ou com linhas retas, modelos fluidos e com mangas curtas. Ficarão perfeitos em você vestidos justos na zona alta da cintura, sempre dando maior destaque ao corpo do vestido em vez da saia. Você pode alongar sua figura com decotes em V ou com ombros de fora. Com o corpo retângulo é melhor não escolher saias muito compridas com cauda interminável. Evite o decote quadrado ou redondo.

Corpo triângulo: neste caso, o que você tem que conseguir fazer com o vestido é equilibrar chamando a atenção para a parte superior do vestido.  Para isso, escolha um modelo de linha A que não seja muito justo para não ressaltar o quadril. O corte princesa também pode ser uma boa opção para esse tipo de corpo. No quesito acessórios, foque na parte do busto, com plissados e decotes em V.

Corpo redondo: escolha um vestido com cintura alta, um corte império onde a saia tenha um caimento fluído. No quesito decote, aposte pelo decote coração ou em V, mas sempre sem ser muito justo. Para este tipo de corpo, mais é menos, então não use muitos ornamentos, é melhor algo simples e elegante.

Corpo ampulheta: ao ter um equilíbrio entre o quadril e o busto, você pode escolher qualquer tipo de vestido, mas sem dúvida, a melhor opção sao os modelos estilo tubinho ou corte sereia. O decote barco é o ideal. Mas não se esqueça, se você tem peito grande, não use muitos acessórios, mas se você tiver peitos pequenos, o uso de ornamentos está liberado.

Corpo triângulo invertido: o essencial é dar volume ao quadril e tirar a atenção da área dos ombros. Como? Com decotes que não sejam abertos, e saias com volume, por exemplo, com apliques. Você se sentirá mais elegante.

De acordo como busto:  se você quer disfarçar o tamanho, aposte por decotes em V. Você também pode escolher um vestido com decote redondo sem marcar a cintura excessivamente. E para quem quer marcar o busto, a melhor opção é um vestido mais justo e quanto menos decotado melhor. Se você gosta, pode escolher plissados nesta área, além de costas decotadas costumam a favorecer todas as noivas, aposte nesse tipo de decote e sucesso estará garantido!

De acordo com a altura: quem é mais baixinha vai se sentir linda vestida de branco! No entanto, vocês devem evitar vestidos com saias volumosas, isso dará a impressão que você é ainda menor. Procure escolher vestidos sem cortes horizontaise sem muito volume. Por outro lado, se você é alta, Vestidos mais ajustados ou fluidos podem ser ideais para você. No último caso, a saia tem resultado ainda mais esvoaçante por causa do comprimento mais longo.

Se você tem curvas ou é muito magra: se você é uma mulher com curvas, valorize-o e aposte pelo corte princesa, marque a cintura para alongar a silhueta. Se você é muito magra, modelos com volume nas mangas ou na saia podem te favorecer. Mangas curtas, três quartos ou mangas compridas são as opções perfeitas, uma vez que escondem os braços, sejam eles largos ou finos. Além disso, uma boa opção é o decote em forma de coração, que dará volume ao seu busto. Esqueça os decotes quadrados ou em V.

Se você está grávida: se você está nos primeiros meses da gravidez, o tamanho da barriga é quase imperceptível, então você poderá usar o mesmo modelo de vestido que já tinha em mente, sempre respeitando o seu tipo de corpo. Mas atenção, isso só até o 4º mês. A partir desse período, seu corpo passará por muitas transformações. Recomendamos que você aposte por um corte império e use um tecido mais leve, assim você se sentirá mais confortável.

Passo 5. Dica: prove, caminhe… mexa-se

Os especialistas recomendam que você não fique parada durante a prova do vestido. Caminhe, sente, pule, dance, levante os braços… Se você não pode realizar algum desses movimentos, é sinal de que esse não é o vestido perfeito. Você viverá um milhão de emoções com ele e vai usá-lo durante muitas horas, por isso você deve se sentir confortável com ele.

E, é claro, não vá com mais pessoas do que o necessário para a prova do vestido. Acredite ou não, opiniões, venham de quem venham, sempre influenciam e, mais ainda, quando se trata de escolher o seu vestido de noiva. Se você for com muitas pessoas para as provas, é mais difícil manter o segredo, há menos tranquilidade e mais opiniões. Escolha apenas uma ou duas pessoas com quem você se sente confortável e tem intimidade, como por exemplo, sua mãe e sua irmã.

Você já sabe como escolher seu vestido de noiva! Claro, você deve procurar um estilista ou marca de vestidos de noiva que confeccionam vestidos com tecidos de boa qualidade e que permitem que você possa ter um vestido sob medida ou modificar de acordo com o seu gosto. Não hesite em procurar a opinião de um profissional que possa dar conselhos sobre o que melhor se adequa ao seu corpo e estilo. Você conseguirá o vestido de noiva que sempre sonhou! E agora, comece a procurar seu vestido, deixe de lado seu nervosismo e aproveite todos os preparativos.

 

Fonte – Zankyou

Tagged:

FALE COM OS SANTOS!